RLP (Retail Liquidity Provider): conheça o provedor de liquidez



O mercado financeiro possui um leque de termos técnicos que pode trazer dor de cabeça a quem está iniciando no mundo dos investimentos. Por essa razão, entender o que é a RLP significa estar por dentro de uma dessas noções tão importantes.

Em uma análise inicial, podemos dizer que esse sistema surgiu com a intenção de facilitar o trabalho de quem investe em mercados agressivos, entre eles estão, por exemplo, minicontratos e dólar.

Tem interesse em saber mais sobre o assunto? Neste post, explicaremos o que é a RLP, como funciona, quando começou a valer, as vantagens desse provedor e muito mais. Acompanhe a seguir!

O que é a RLP?

A RLP é uma sigla para Retail Liquidity Provider, também conhecida como Provedor de Liquidez. Trata-se de um mecanismo de negociação utilizado pela B3. O principal objetivo dessa prática é garantir mais liquidez e melhores de condições de preço no mercado financeiro.

Esse modelo possibilita que as corretoras atuem como contraparte nas negociações. A partir desse momento, é possível oferecer melhores condições de liquidez nas operações e um melhor preço de mercado aos investidores, incluindo as pessoas físicas.

O RLP começou a ser utilizado no Brasil após um período de avaliação feito pela Bovespa. Atualmente, o sistema está disponível para minicontratos futuros de dólar e índice.

Como esse sistema funciona?

Na RLP, as instituições financeiras (como bancos e corretoras) atuam como contraparte das operações e evitam a necessidade da divisão das vendas. Nesse mecanismo, portanto, a empresa disponibiliza uma determinada oferta e manifesta o interesse na compra ou venda de um determinado ativo. O preço deve ser o melhor disponível no mercado no momento específico.

Pelo fato de essa operação estar presente em investimentos de renda variável, o valor dos ativos pode variar bastante. Isso significa que os seus investimentos podem se valorizarem ou se desvalorizarem no mercado. Há vários fatores que podem interferir nessa variável.

Por exemplo, as questões internas da empresa da qual você comprou a ação, questões políticas e aspectos macroeconômicos do país (taxa de desemprego, inflação, PIB etc.).

Um dos principais aspectos positivos em relação ao RLP é que esse sistema possibilita ao investidor pessoa física ter um acesso facilitado aos investimentos por um preço igual ou melhor em relação ao livro de ofertas.

Mas vale a pena manter a atenção, porque há um limite para o uso do RLP. Não é permitido ultrapassar 15% do volume de investimentos negociados. Essa característica assegura que as negociações sejam positivas e não sejam somente regras impostas ao cliente.

Quando o RLP começou a valer?

A RLP foi implementada no Brasil em cinco de agosto de 2019. Até o mês de agosto de 2020, as ofertas da Retail Liquidity Provider foram autorizadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ao final desse período, a autarquia terá acompanhado o funcionamento do serviço no mercado com a intenção de confirmar a sua viabilidade. Alguns indicadores como o spread do mercado e a liquidez estão entre os elementos analisados pela entidade.

Apesar de ser uma novidade no mercado nacional, esse modelo é bastante conhecido em outros países, inclusive na bolsa de Nova York, uma das principais do mundo. Desde 2012, a RLP é utilizada e regulamentada nos Estados Unidos. No Brasil, por sua vez, esse sistema está em fase de implementação e nem todas as instituições financeiras contam com o serviço.

Quais as vantagens do RLP?

A Retail Liquidity Provider proporciona vários pontos positivos aos investidores. Entre eles, encontramos, por exemplo, mais eficiência e transparência nas operações, melhor preço e boas condições de liquidez no mercado. Abordaremos sobre todos esses aspectos detalhadamente na sequência do artigo. Continue a leitura!

Eficiência

Não é segredo para ninguém que há várias negociações de ativos (incluindo operações de compra e de venda) todos os dias, no mercado financeiro. Com a implementação desse sistema, torna-se facilitada a saída das operações que apresentam melhor preço e o volume de negociações tende a crescer.

Preço

Sem dúvida alguma, o preço dos ativos é um elemento importante para o investidor, pois se ele souber o momento certo de negociar, ele terá lucros na operação. Nesse momento, vale destacar a importância de comprar uma ação ou um investimento na baixa e vendê-lo na alta, pois isso o proporcionará ganhos com a aplicação financeira, ou seja, você tende a aumentar o seu patrimônio.

Nesse contexto, os preços oferecidos nas operações com a RLP são bons, o que pode ser uma boa para comprá-los. Vale destacar que as operações com a Retail Liquidity Provider devem ser feitas com preços iguais ou menores em relação às ofertas existentes no mercado financeiro.

Além disso, é importante destacar que as expectativas do cliente são atendidas, ou seja, o investidor não precisará se preocupar com o preço médio, pois ele é baixo nessas operações.

Transparência 

A Retail Liquidity Provider é fiscalizada pela Comissão de Valores Mobiliários. Por conta desse fato, todos os procedimentos feitos pela RLP devem ser divulgados pelas instituições financeiras todos os meses, o que garante uma melhor transparência nas operações.

Liquidez

Como os bancos e as corretoras atuam como contraparte nas operações, a Retail Liquidity Provider oferece alta liquidez nas negociações de minicontratos de dólar e índice (mini-índice e mini dólar).

Como aderir a esse sistema?

O investidor não é obrigado a aderir ao RLP. No entanto, caso essa seja a sua vontade, não há muitos segredos. Basta fazer a solicitação com a sua instituição financeira e começar a ter acesso ao Retail Liquidity Provider.

Como vimos, o Retail Liquidity Provider é uma solução prática e inovadora no mercado financeiro. Ao oferecer boas condições de liquidez e ajudar na negociação dos ativos por bons preços, os investidores só têm a ganhar com esse sistema. Considerando todos os benefícios abordados neste artigo, vale muito a pena aderir ao RLP.

Este post foi útil para você? Então, assine a nossa newsletter para receber mais conteúdos e dicas de qualidade sobre investimentos e mercado financeiro. Tudo em primeira mão por e-mail!


Luana Dennis

Luana Dennis é analista de conteúdos da WeInvest. Como uma grande entusiasta das transformações que a educação financeira e o investimento inteligente e estratégico podem trazer na vida das pessoas ela visa sempre acompanhar de perto o mercado financeiro para produzir conteúdos de alto padrão.


Posts populares: