, Por que o dólar subiu tanto? | WeInvest ,

Por que o dólar subiu tanto?

Dólar subiu

O dólar tem sido um assunto muito falado ultimamente, isso porque nesse mês ele chegou a ultrapassar R$ 4,25! Dessa forma, durante esse ano a valorização dessa moeda foi de 9,52% sendo a maior parte, 5,76%, no mês de novembro. Portanto, você sabe quais são os fatores que explicam essa escalada do câmbio, sendo que tivemos a reforma da previdência aprovada e várias medidas de cunho macroeconômicos importantes para o futuro da economia implementadas? Continue lendo esse texto e você descobrirá isso!

e-book tipos de investimento

FATORES QUE IMPACTAM NA ALTA DO DÓLAR

Primeiramente, momentos de incerteza internacionais, guerra tarifária entre Estados Unidos e China, instabilidade política na Argentina e Chile e instabilidade política no próprio Brasil, intensificadas por alguns acontecimentos como revisão do STF sobre o entendimento de prisão em segunda instância e insucesso do leilão de cessão onerosa, são alguns fatores que contribuem para a alta do dólar. No entanto, não é só isso, a desvalorização do BRL é explicada por uma combinação de outros fatores. Citarei alguns deles ao longo abaixo:

1) Deterioração da balança comercial

Forte deterioração da balança comercial, principalmente por uma queda das exportações como resultado da desaceleração global. O Brasil saiu de um superavit de USD 53bi em 2018 para algo em torno de USD 30bi este ano. Dessa forma, houve uma forte saída de dólares do país, o fluxo foi o maior desde 1999.  A quantidade de reservas internacionais vem caindo a um ritmo que é o maior desde novembro de 2015, véspera do início do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Balança Comercial

2) USD forte globalmente

USD forte globalmente pelo diferencial de crescimento americano (Estados Unidos crescendo mais que outros países, principalmente os europeus) e por riscos associados a guerra comercial entre Estados Unidos e China (quando existe alguma expectativa de recessão econômica o dólar tende a se valorizar por ser considerado um ativo seguro. BRL x Moedas Emergentes

3) Mudanças no perfil de endividamento externo das empresas

A taxa de juros baixa do Brasil, que atualmente está em sua mínima histórica está fazendo com que não valha mais a pena manter as dívidas em outros países. Sendo assim, muitas empresas estão trocando essas dívidas que possuem no exterior por dívidas nacionais. Se tinham uma dívida de 1 bilhão em outro país, emitem uma nova no Brasil para pagá-la, isso faz com que saia dólar da economia, gerando uma apreciação dele. Conforme publicamos, esse cenário era esperado desde o começo do ano pelo gestor do Fundo de Investimentos Dahlia Capital.

4) Carry trade menos atrativo

Com a queda na taxa de juros ficou menos atrativo fazer carry trade, isso porque a taxa de remuneração dos investidores estrangeiros no Brasil caiu. Logo, se estrangeiros estão fazendo menos investimentos aqui, sai dólar do país. No entanto, esse efeito foi amenizado devido à queda de juros globais. Para finalizar, vale destacar que vivemos em um regime de câmbio flutuante e atualmente a situação do passivo externo é bem melhor do que no passado. O setor público tem endividamento externo baixo e o país ainda possui USD 350bi de reservas. Se o câmbio desvaloriza por fatores conjunturais como os citados acima, não indica uma deterioração do cenário doméstico. O comportamento do risco Brasil indica que o mercado percebe esta situação. Câmbio e risco país Para ter acesso a mais conteúdos como esse e se manter sempre por dentro dos principais acontecimentos que impactam a economia se inscreva em nossa newsletter.

 

Aproveite para ver outros textos do nosso site

👉 Melhores investimentos para 2020

👉 Como apurar o imposto de renda dos fundos imobiliários

👉 Fundos imobiliários ou imóveis, qual é melhor?

👉 Rating de classificação do bancos brasileiros

👉 Como comparar um CDB com LCI E LCA?

 

Sumário
Por que o dólar subiu?
Nome do artigo
Por que o dólar subiu?
Descrição
O dólar chegou a ultrapassar R$ 4,20 no mês de novembro! Entenda aqui os principais motivos para ter acontecido essa valorização tão expressiva.
Autor
Nome do publicador
WeInvest
Logo do publicador


Luana Dennis

Luana Dennis é analista de conteúdos da WeInvest. Como uma grande entusiasta das transformações que a educação financeira e o investimento inteligente e estratégico podem trazer na vida das pessoas ela visa sempre acompanhar de perto o mercado financeiro para produzir conteúdos de alto padrão.


E ai, o que achou? Deixe o seu comentário!

Posts populares: