O que é índice futuro? Saiba como ele funciona



Você sabe o que é índice futuro? Em uma análise inicial, essa expressão pode parecer um pouco complexa e, consequentemente, assustar muitos investidores, principalmente os iniciantes, ou seja, aqueles que estão iniciando o seu contato com o mercado financeiro.

Se você está interessado em saber mais sobre o tema e quer esclarecer os seus questionamentos, neste post, vou explicar detalhadamente o que é o índice futuro, e como funciona. Você também verá as principais vantagens desse ativo e como pode começar a fazer esse investimento. Boa leitura!

O que é o índice futuro?

Antes de saber sobre o conceito de índice futuro, é necessário conhecer o que é o mercado futuro. Trata-se de um ambiente no qual os investidores se comprometem a negociar os ativos por um preço específico, em uma data futura. Há, portanto, pessoas interessadas em comprar e outras em vender os ativos.

Quem opera no mercado futuro tem como objetivo especular no mercado financeiro ou mesmo fazer negociações com finalidades de proteção. Perceba que essa característica, por si só, atende a perfis distintos de investidores. Há aqueles com perfil agressivo, que estão atrás de maiores rentabilidades, e os de perfil moderado. Estes têm conhecimento prévio do mercado financeiro e visam proteger parte do patrimônio próprio.

No mercado futuro, são negociados vários ativos de renda variável e entre eles estão os contratos de índice futuro, que derivam do índice Ibovespa. Os pontos, portanto, são calculados de acordo com o desempenho do índice e o vencimento desses acordos ocorrem em datas previamente definidas.

Como funciona esse contrato?

Os contratos de índice futuro são divididos em duas modalidades. São elas:

  • minicontratos de índice (WIN): são direcionados a quem deseja movimentar altas quantias no mercado financeiro;
  • contratos de índice cheio (IND): são direcionados aos investidores que visam movimentar maiores quantias na bolsa, como é a situação de grandes especuladores ou mesmos grandes empresas.

Um mini-índice apresenta cotação de R$ 0,20 por ponto do Ibovespa e um lote mínimo e um contrato para operação. O contrato de índice cheio, por sua vez, tem cotação de R$ 1,00 por ponto de Ibovespa e lote mínimo de cinco contratos. Dessa forma, em ambos os contratos, o investidor pode movimentar quantias mais altas do que o valor disponível por causa da alavancagem.

A chance de se obter ganhos com a compra e a venda de contratos de índice futuro ocorre por meio das oscilações de pontos do índice da bolsa. O pagamento ou a liquidação do contrato, por sua vez, acontece somente no futuro. Por causa dessa dinâmica, é possível obter boas rentabilidades por meio do avanço ou queda do índice da bolsa de valores brasileira em um prazo específico, ou seja, até a data de vencimento do contrato.

Quais as principais vantagens desse ativo?

O índice futuro apresenta diversos aspectos positivos aos investidores. Entre eles estão a alta volatilidade, o baixo custo e a possibilidade de se fazer alavancagem. Confira!

Alta volatilidade

O desempenho dos contratos de índice futuro depende do desempenho da Ibovespa, o índice da bolsa de valores brasileira. Ela é composta por várias aplicações de renda variável e esses investimentos são caracterizados por serem voláteis, ou seja, a rentabilidade dos ativos varia bastante.

Por esse motivo, podemos considerar também que os contratos de índice futuro são voláteis. Agora, você deve estar se perguntando: por que isso deve ser considerado como uma vantagem?

De fato, os contratos de índice futuro são investimentos de alto risco no mercado financeiro. No entanto, quanto maior o risco, maiores são as possibilidades de retorno. Dessa forma, quem investe no índice futuro terá mais chances de obter melhores rentabilidades na composição da carteira de investimentos.

Baixo custo

Os custos reduzidos se devem ao fato de, em apenas um investimento, o investidor contar com uma ampla gama de aplicações financeiras. Isso acontece porque, na bolsa de valores, há diversos ativos de empresas dos mais variados segmentos da economia. Dessa forma, não é necessário pagar várias taxas de corretagem para investir em cada organização.

Por esse mesmo motivo, há ainda a vantagem da diversificação. Fazendo uma aplicação, será possível investir em diversos ativos e, assim, ficar mais protegido contra possíveis perdas de patrimônio.

Alavancagem

Sem dúvida alguma, a alavancagem é uma ferramenta fundamental no mercado futuro. Essa prática possibilita que os investidores façam investimentos com a intenção de encontrar o preço mais elevado sem precisar necessariamente ter todo o valor em conta. Nessas operações, é necessário apenas que o operador tenha uma margem de garantia em sua conta na instituição financeira. Ela pode ser composta, por exemplo, por títulos de renda fixa, dinheiro ou mesmo as ações na bolsa de valores. 

Como começar a investir em índice futuro?

Não há muitos segredos em relação a essa pergunta. Os contratos na bolsa de valores são negociados pelas corretoras. Como os contratos de índice futuro são contratos na bolsa, eles também são negociados por essas instituições financeiras.

Considerando as características mencionadas, é mais indicado utilizar o índice futuro com a intenção de se proteger contra as oscilações que ocorrem no mercado, pois lucrar com o mercado futuro envolve maiores riscos. Dessa forma, a seleção das aplicações financeiras deve ser feita de maneira cautelosa e criteriosa. Com isso, será possível para os investidores desfrutarem de todos os aspectos positivos proporcionados pelo índice futuro.

O índice futuro é um contrato extremamente prático e proporciona várias vantagens aos investidores. Muitos desses aspectos positivos estão relacionados à possibilidade de alcançar maiores rentabilidades, ao custo reduzido da operação e à chance de se fazer alavancagem. Considerando todos esses aspectos positivos, vale muito a pena contar com esse ativo na composição da sua carteira de investimentos.

Este post sobre o índice futuro foi útil para você? Está interessado em saber mais sobre o assunto? Então, confira este artigo com 6 dicas para aumentar o patrimônio investindo. Elas o auxiliarão a acumular capital de forma prática e segura e, assim, garantir um futuro tranquilo e próspero.


Luana Dennis

Luana Dennis é analista de conteúdos da WeInvest. Como uma grande entusiasta das transformações que a educação financeira e o investimento inteligente e estratégico podem trazer na vida das pessoas ela visa sempre acompanhar de perto o mercado financeiro para produzir conteúdos de alto padrão.


Posts populares: