, O que é volatilidade? | WeInvest ,

O que é volatilidade?

Volatilidade

A Volatilidade (vol.) é a principal métrica para avaliar o risco de um investimento. É obtida através do cálculo das oscilações dos retornos diários de uma aplicação ao longo do tempo. Afinal, ela é considerada a métrica ideal para análise de risco de fundos de investimentos.

Dessa forma, para escolher um Fundo alinhado com seu perfil de investidor é essencial que você conheça esse indicador, saiba como analisá-lo e onde encontrar as informações necessárias. Portanto, em linhas gerais, um ativo com baixa volatilidade entrega retornos similares ao longo do tempo, sem surpresas positivas ou negativas. O oposto é verdadeiro para ativos de maior volatilidade, onde a previsibilidade dos retornos é menor.

Considerando que volatilidade é uma medida de risco, um investimento com maior volatilidade busca entregar maior retorno para que compense a exposição ao risco por parte do investidor com horizonte de investimento longo.

e-book entendendo a bolsa de valores

NA PRÁTICA

Primeiramente, na prática, é possível entender a volatilidade através do gráfico de retorno histórico de um investimento. Para ilustrar, no gráfico abaixo temos rentabilidade de 3 fundos de investimentos durante 5 anos, cada um desses fundos representa um nível de risco (volatilidade) distinto:

  • BNP Match DI: volatilidade inexistente (próxima a zero)
  • AZ Quest Equity Hedge: volatilidade média;
  • AZ Quest Total Return: volatilidade alta.

Para comparação, destacamos um período de 1 ano e subdividimos em três janelas:

  • 30 dias
  • 6 meses
  • 12 meses

Volatilidade Observe que, quanto maior a volatilidade de um fundo de investimento, maior é a variação do seu retorno no curto prazo, porém, maior o seu resultado no longo prazo. Por isso, considerar o prazo que o investidor está disposto a deixar seu dinheiro investido é extremamente importante na hora de escolher seus investimentos.

Perceba que o fundo agressivo, ou seja, que assume mais risco (maior volatilidade) ficou 30 dias no negativo, 6 meses abaixo do CDI e somente depois de 12 meses, apresentou um resultado interessante. Afinal, no mercado financeiro existe uma metáfora para ilustrar qual volatilidade adotar em relação ao período que se pretende investir. Volatilidade Imagine que uma pessoa possui 2 meios de transporte (carro e bicicleta) e pretende percorrer 2 distâncias:

  • 100m
  • 600km

No trecho de 100m ela terá que enfrentar um congestionamento devido ao excesso de veículos na via e um semáforo de trânsito. Para este trecho o meio de transporte mais sugerido seria a bicicleta enquanto que, para o percurso de 600 km, o carro seria a melhor opção. O mesmo vale para a volatilidade. Dessa forma, se você como investidor possui o tempo ao seu favor, vale a pena tomar mais risco e optar por investimentos mais voláteis, que no longo prazo irão rentabilizar mais.

QUANDO NÃO USAR

Primeiramente, para outros investimentos, como CDB, títulos públicos, LCI, LCA, CRI, CRA, e debêntures a volatilidade não é uma métrica ideal para avaliação de risco. Uma vez que para estes ativos, deve ser levado em consideração o risco de crédito, ou seja, possibilidade de inadimplência.

ONDE ENCONTRAR

A Lâmina dos fundos de investimentos normalmente apresenta a média de volatilidade dos últimos 12 meses. Entretanto para fazer uma análise mais detalhada é necessário ver como a volatilidade se comportou durante o histórico de operação do fundo.

Como exemplo, podemos utilizar o fundo Garde Dartagnan que apresenta uma volatilidade média histórica de 4,2%. Entretanto, quando analisamos o histórico de volatilidade do fundo, percebemos que em alguns momentos a volatilidade passou de 12%. Sendo assim, alguns fundos disponibilizam o histórico de volatilidade em sua lâmina. Porém, caso o fundo que deseja analisar não possua o histórico de volatilidade na lâmina, a plataforma do Vérios disponibiliza em seu site.

Se interessou pelo assunto e gostaria de se manter informado sobre mercado financeiro? A WeInvest tem conteúdos novos todos os dias para nossos assinantes ficarem sempre atualizados sobre o que acontece no mercado financeiro. Assine nossa newsletter!

 

Aproveite para ver outros textos do nosso site

👉 Melhores investimentos para 2020

👉 Como apurar o imposto de renda dos fundos imobiliários

👉 Fundos imobiliários ou imóveis, qual é melhor?

👉 Rating de classificação do bancos brasileiros

👉 Como comparar um CDB com LCI E LCA?

 

 

Sumário
O que é volatilidade?
Nome do artigo
O que é volatilidade?
Descrição
A Volatilidade (vol.) é a principal métrica para avaliar o risco de um investimento. É obtida através do cálculo das oscilações dos retornos diários de uma aplicação ao longo do tempo.
Autor
Nome do publicador
WeInvest
Logo do publicador


Luana Dennis

Luana Dennis é analista de conteúdos da WeInvest. Como uma grande entusiasta das transformações que a educação financeira e o investimento inteligente e estratégico podem trazer na vida das pessoas ela visa sempre acompanhar de perto o mercado financeiro para produzir conteúdos de alto padrão.


E ai, o que achou? Deixe o seu comentário!

Posts populares: