O que é título de capitalização e quais as vantagens e desvantagens?



Se você tem vontade de guardar dinheiro e gostaria de saber o que é título de capitalização, então, acessou o artigo certo. Nosso objetivo com este conteúdo é explicar com detalhes o conceito envolvido nessa modalidade de aplicação e revelar como ela funciona.

De qualquer forma, vale sempre ressaltar que todo e qualquer investimento para o futuro pode ser válido, desde que seja feito de forma consciente. Nesse aspecto, queremos chamar a sua atenção para as características da capitalização, que se assemelham muito mais a uma aposta do que a um ativo financeiro.

Por isso, recomendamos fortemente que você continue por aqui para conhecer os prós e os contras desse tipo de produto oferecido por bancos. Não subscreva nenhum título sem antes ler este artigo até o final!

O que é título de capitalização?

Também conhecido popularmente como “economia programada”, um título de capitalização consiste numa forma bastante simples de guardar dinheiro. Tudo se resume ao recolhimento mensal, por parte do banco, de um valor previamente acordado que, com o tempo, vai se acumulando.

No final do período contratado, você terá direito a resgatar tudo que pagou, o que, em teoria, representa uma forma de poupança. É nesse ponto que um título dessa natureza deve ser visto com ressalvas, afinal, ele segue regras distintas de correção monetária.

Sendo assim, veja, na sequência, que regras são essas e por que elas podem constituir uma tremenda desvantagem, ainda mais comparando a capitalização com outras aplicações.

Quais as principais vantagens?

Antes de avançarmos, cabe um alerta. O título de capitalização é, sobretudo, um tipo de aposta, na qual o objetivo maior não é o rendimento dos valores depositados. Como veremos mais à frente, o maior atrativo, de fato, são os prêmios envolvidos, embora neles só um grupo restrito de pessoas seja agraciado.

No geral, há até quem diga que o título de capitalização só tem desvantagens, considerando fatores como a perda do poder de compra do dinheiro e as taxas aplicadas. Para nós, essa é uma posição um pouco radical, por mais que concordemos que existem aplicações financeiras mais atraentes.

Sem mais delongas, vamos conhecer agora o que faz do título de capitalização uma espécie de loteria em forma de poupança.

Investimento automático 

Normalmente, a aplicação em capitalização é indicada para pessoas com pouca ou nenhuma disciplina financeira. Isso porque, ao aderir a um título, o titular passa a ter o valor mensalmente debitado de sua conta-corrente. Dessa forma, é impossível não guardar dinheiro, já que o próprio banco se encarrega de fazer o depósito.

Portanto, para quem não consegue de forma alguma reter dinheiro para investir, o título de capitalização pode servir como um “ensaio”. Ou seja, caso você consiga chegar ao final do plano e resgatar tudo que pagou, então, estará pronto para fazer outros tipos de aplicação.

Premiações 

Um título tem como principal fator de atração a possibilidade de ganhar prêmios por meio de sorteio. Carros, casas, apartamentos ou valores em dinheiro são alguns dos mais comuns. Desde que você tenha sorte o bastante, certamente o prêmio sorteado valerá muito mais do que você pagará em todo período de vigência.

Dessa forma, o título de capitalização é uma espécie de loteria, um jogo em que você “se arrisca” a ganhar prêmios de altíssimo valor. A vantagem em relação a outros tipos de jogos é que, na capitalização, seu dinheiro não se perde, já que, como dissemos, no final do plano ele é resgatado. 

Cá para nós, é melhor apostar dessa forma do que jogar dinheiro fora em máquinas caça-níqueis, jogo do bicho e outras modalidades de jogos de azar, certo?

Quais as desvantagens da capitalização?

Se um título é uma possibilidade de poupar e de fazer uma aposta sem o risco de perder tudo, por outro lado ele deixa a desejar como aplicação financeira. Veja os motivos.

Baixo rendimento

Quando você destina parte dos seus rendimentos para aplicações mensais em capitalização, uma fração desse valor é corrigida pela Taxa Referencial (TR) e também por uma taxa de juros definida no ato da compra. Isso mesmo, ao contrário da caderneta de poupança, que é reajustada integralmente, no título de capitalização apenas uma pequena parte do valor aplicado rende alguma coisa.

Assim mesmo, esse rendimento, normalmente, é muito baixo, na maioria dos casos menor até mesmo do que a própria poupança. Além disso, dependendo da inflação do mês, é possível que essa correção seja zero ou mesmo negativa.

Não há liquidez

Como já abordado, o título de capitalização só pode ter seu valor resgatado em 100% ao final do período contratado. Se o titular resolver fazer esse resgate antes, então, será pesadamente taxado, reavendo apenas uma parte do que aplicou.

Isso faz com que essa aplicação não apresente liquidez, ou seja, é um dinheiro que, por mais que seja poupado, com o tempo tende a perder valor. Afinal, os baixos rendimentos acabam não compensando de forma justa a corrosão monetária.

Multas e impostos ao cancelar

Não bastasse a baixa rentabilidade e liquidez, um título de capitalização, ao contrário de alguns dos verdadeiros ativos financeiros, está sujeito a Imposto de Renda. Isso mesmo, além de não render quase nada, ao resgatar o valor que você tão duramente guardou, terá ainda que prestar contas ao fisco.

Chances pequenas de ser premiado

Não restam dúvidas de que o grande fator de atração desse produto financeiro é a chance de ser sorteado e ganhar um prêmio para toda a vida. Exatamente por isso, muitas pessoas acabam aderindo, o que reduz bastante as chances de ganhar. 

Quais os melhores e mais vantajosos investimentos?

No fim das contas, esse título serve mais para capitalizar os bancos e descapitalizar seus clientes. Por isso, se a sua intenção é de fato investir e fazer seu dinheiro render, prefira aplicações como o Tesouro Direto, LCI, CDB, debêntures ou até mesmo fundos de investimentos.

Afinal, o que é o título de capitalização que não uma maneira de apostar? Isso o torna uma modalidade de aplicação mais voltada para quem não tem conhecimento do mercado financeiro. É nesse ponto que uma assessoria de investimentos de qualidade e conceituada no mercado, como a WeInvest, faz toda a diferença. A gente aponta o caminho para fazer o seu dinheiro render mais!

Gostou da ideia e quer ficar por dentro? Então, entre em contato conosco!


Luana Dennis

Luana Dennis é analista de conteúdos da WeInvest. Como uma grande entusiasta das transformações que a educação financeira e o investimento inteligente e estratégico podem trazer na vida das pessoas ela visa sempre acompanhar de perto o mercado financeiro para produzir conteúdos de alto padrão.


Posts populares: