fbpx Efeito Manada: entenda o que é e como fugir desta armadilha

Efeito Manada: entenda o que é e como fugir desta armadilha

efeito manada

Este ano observamos um fenômeno muito interessante: pessoas dispostas a enfrentar mais risco dentro do mercado, investindo em renda variável – mais especificamente, em ações. No entanto, por vezes, a falta de conhecimento em como investir e como reconhecer boas oportunidades dentro do mercado fez com que muitas destas pessoas seguissem o movimento dos grandes players, gerando o chamado efeito manada. Por isso, fizemos um post sobre como reconhecer o efeito manada e evitar perder dinheiro com as especulações no mercado. 

O que é o efeito manada?

O efeito manada é um fenômeno estudado pela psicologia que faz com que as pessoas repitam as ações de seus semelhantes. No livro Rápido e Devagar, de Daniel Kahneman, aprendemos que é muito custoso para o cérebro tomar sempre decisões de maneira racional, o que faz com que, às vezes, recorramos a uma maneira mais simplista de tomar decisões. O comportamento de manada é uma maneira do cérebro tomar uma decisão rapidamente.

Leva este nome pelo comportamento muito comum em grupos de animais: cardumes, alcateias, rebanhos…

Existem diversos motivos que levam uma pessoa a aderir ao efeito manada e seguir o movimento aparente do mercado. A necessidade de pertencimento de um grupo, por exemplo, faz com que você se comporte de maneira igual à seus semelhantes. Você ainda pode seguir o comportamento de outros investidores porque crê que eles estão tomando uma decisão correta que certamente acarretará em ganhos, e, se você não se comportar igualmente, ficará para trás. No entanto, o efeito manada pode ser muito perigoso para o investidor.

Quais os perigos do efeito manada?

Você cede ao efeito manada quando investe em determinado ativo não porque está convicto da sua tese e da sua análise, mas sim porque é o ativo “popular” que muitos investidores estão comentando e comprando. 

No entanto, quando diversas pessoas especulam em cima de um mesmo ativo, o risco sistêmico, bem como a volatilidade destas transações tende a aumentar. 

A principal consequência do efeito manada é o distanciamento entre o preço e o valor do ativo, o que pode ocorrer tanto em baixa de mercados quanto em um mercado inflado, com players apostando na queda de determinados papéis. 

Por isso, sempre dissemos que estar convicto e fazer sua própria análise acerca de determinados investimentos é muito mais importante que estar seguindo o movimento dos players do mercado. O que pode ser, tão somente, uma estratégia especulativa.

O importante, portanto, é que você esteja sempre informado, monitorando o mercado e os setores em que você está posicionado. Além disso, é fundamental ter conhecimento sobre o mercado financeiro em si, como saber conceitos como benchmark, valuation e análise gráfica.

E para isso, conte sempre com a WeInvest. 

Como saber quando há este efeito na bolsa?

A B3 adotou um recurso, chamado circuit breaker, em que todas as operações em bolsa são suspensas durante 30 minutos, quando se reconhece um efeito manada e a bolsa cai mais de 10%. Você pode se lembrar do Joesley Day, da instauração da quarentena durante a pandemia do coronavírus e alguns outros episódios que agitaram fortemente os mercados. O circuit breaker é essencial para evitar crashs na bolsa.

Geralmente, é comum ver efeito manada em movimentos de grande instabilidade ou quando há alguma notícia que tende a movimentar fortemente o mercado. Como escândalos envolvendo determinadas empresas.

 

Gostou? Não se esqueça de assinar nossa newsletter para receber em primeira mão na sua caixa de entrada notícias e informações sobre o mercado financeiro!


Clara Sodré

Graduanda em Relações Internacionais com especialização em mercados financeiros, copywriting e comércio exterior. Pesquisadora voluntária em cooperação internacional europeia. Monitora no núcleo de Economia Política Internacional. Apaixonada por educação financeira e produção de conteúdo.


Posts populares: