fbpx Veja aqui o que são debêntures incentivadas - WeInvest

Veja aqui o que são debêntures incentivadas



Talvez você já tenha ouvido falar, mas ainda assim vou explicar mais uma vez. As debêntures são aplicações de renda fixa em que o investidor empresta dinheiro para uma empresa que não seja uma instituição financeira ou uma instituição de crédito imobiliário. Em troca, ele receberá juros fixos ou variáveis ao final do período pactuado.

Existem modalidades diferentes de debêntures, e nesse artigo destacarei uma em especial: as debêntures incentivadas.

Para saber com detalhes sobre os outros tipos de debêntures, clique aqui. 

Você descobrirá aqui o que são debêntures incentivadas, suas vantagens e as principais diferenças entre esse tipo e as outras debêntures. 

O QUE SÃO DEBÊNTURES INCENTIVADAS?

Para ser classificada como uma debênture incentivada ela deverá ser emitida por empresas que executam projetos de infraestrutura no Brasil, como a construção de estradas, aeroportos e obras de saneamento.

A grande vantagem desse tipo de título é que por ter o objetivo de contribuir para a infraestrutura, o governo busca incentivar sua emissão e por isso não cobra Imposto de Renda sobre eles.

GARANTIAS DAS DEBÊNTURES INCENTIVADAS

Os investidores que aplicam em debêntures incentivadas possuem algumas garantias, e dependendo do tipo, o investimento pode oferecer mais ou menos riscos. 

  • Debênture com garantia real: esse tipo de título é garantido por bens de propriedade da empresa que emitiu ou de terceiros. Essas debêntures geralmente são as que oferecem menos riscos.
  • Debênture com garantia flutuante: caso a empresa venha a falir, os investidores que possuem esse tipo de debênture receberão antes dos demais credores. 
  • Debênture subordinada: nesse tipo de debênture, caso a empresa quebre, apenas os acionistas receberão o seu dinheiro de volta. Por serem mais arriscadas, são as que costumam oferecer as maiores rentabilidades.
  • Debênture quirografária:  diferentemente das debêntures flutuantes, essas não oferecem nenhum tipo de privilégio. Sendo assim, caso a empresa que as emitiu passe por dificuldades financeiras, não há preferência em quem receberá seus valores primeiro, podendo ser tanto os investidores quanto os demais credores. 

O QUE SÃO OS FUNDOS DE DEBÊNTURES INCENTIVADAS?

Além de investir diretamente em debêntures incentivadas você também pode investir nessa modalidade através de fundos. 

Assim que as debêntures começarem a gerar resultados, você receberá uma parcela do lucro obtido. Ou seja, se o capital que você investiu corresponde a 2% do patrimônio, você receberá o mesmo percentual do total de ganhos.

A grande vantagem dessa forma de investir é que você pode ter acesso à rentabilidade de diversos títulos. Ou seja, mesmo se aplicar uma quantia não muito alta, diversificará seus investimentos em papéis de diversas empresas. 

No entanto, é importante analisar bem em quais fundos investir, visto que alguns podem cobrar taxas de administração muito altas, afetando negativamente seus resultados.

CREDIBILIDADE DO EMISSOR É FUNDAMENTAL NAS DEBÊNTURES INCENTIVADAS

As debêntures incentivadas não são garantidas pelo FGC e estão sujeitas ao risco de crédito. 

Independentemente do título escolhido, é essencial pesquisar sobre a companhia e avaliar a descrição dos projetos que serão financiados por esses títulos.

Além disso, é recomendado verificar as perspectivas para o mercado de atuação do emissor. Se a debênture é de uma empresa que atua no setor varejista, por exemplo, verifique quais são as regras das reguladoras desse setor e outros fatores que porventura possam prejudicar a companhia.

Para auxiliar na escolha das debêntures analise também as avaliações de agências de classificação de risco (rating) como Standard and Poor’s, Moody’s e Fitch. Por meio delas, é possível ter uma noção da confiabilidade e estrutura dessas companhias.

As debêntures incentivadas oferecem uma série de vantagens para o investidor e diante do atual cenário brasileiro, com a taxa Selic em sua mínima histórica, ela torna-se uma opção de investimento bem atrativa. 

No entanto, não é porque é uma debênture incentivada que significa que o título é bom. Como foi dito, é necessário analisá-lo bem e estar ciente dos riscos antes de investir. 

Ficou com alguma dúvida ou quer compartilhar a sua experiência? Deixe aqui o seu comentário!


Clara Sodré

Graduanda em Relações Internacionais com especialização em mercados financeiros, copywriting e comércio exterior. Pesquisadora voluntária em cooperação internacional europeia. Monitora no núcleo de Economia Política Internacional. Apaixonada por educação financeira e produção de conteúdo.


Posts populares: