fbpx SELIC e CDI – saiba a relação e as diferenças entre estas taxas - WeInvest

SELIC e CDI – saiba a relação e as diferenças entre estas taxas



Falar e ouvir sobre assuntos relacionados à economia e ao mercado financeiro nem sempre deixa as pessoas confortáveis. Afinal, são muitas as siglas, muitos termos técnicos, taxas e índices e, apesar de ser um assunto de extrema importância e que causa impacto na vida de todo brasileiro, ainda desperta pouco interesse na maior parte da população.

Mas, independentemente de você saber de todas as novidades sobre economia e mercado financeiro, ou não, provavelmente você já deve ter ouvido falar sobre Selic e CDI. São dois termos muito usados no mercado e muito falados em diversos noticiários. No entanto, você sabe o que eles significam? Sabe quais as relações e diferenças desses termos? Continue lendo esse texto e entenda de uma vez por todas o que é CDI e Selic e quais as relações e diferenças entre eles e saiba também por que eles são extremamente importantes na hora de escolher seus investimentos.

SELIC E CDI

A Selic é a taxa de juros referencial da economia brasileira. É uma taxa estabelecida pelo Copom (Comitê de Política Monetária) visando controlar o consumo e a taxa de juros. Além disso, ela é utilizada pelos bancos como parâmetro para determinar a taxa de juros dos empréstimos diários que eles fazem uns aos outros.

O que falamos acima é o que chamamos de Selic Meta, que é o termo mais utilizado e o que você provavelmente está mais habituado a ouvir, mas existe também a Selic Over. Se você quer saber mais sobre ela, clique aqui.

Já o CDI – Certificado de Depósito Interbancário, é um título que funciona como um empréstimo de curtíssimo prazo (geralmente 1 dia) feito entre as instituições financeiras a fim de nunca fecharem o caixa diário “no vermelho”.

Para emprestar esse dinheiro o banco cobra um “juros” do outro banco e a média dessas taxas é o CDI.

RELAÇÃO ENTRE CDI E SELIC

Tanto o CDI quanto a Selic desempenham um papel muito importante na economia e nos investimentos. Essas duas taxas costumam caminhar lado a lado, sempre com valores muito próximos.

Isso ocorre porque quando o COPOM define a Selic Meta essa taxa influenciará diretamente na taxa que será cobrada pelos bancos para realizarem empréstimos entre eles.

Essa taxa, que chamamos de CDI, no final das contas, fica bem próxima da Selic Meta. Dessa forma, quando a Selic sobe a tendência é que o CDI também suba. Podemos visualizar isso claramente no gráfico abaixo.

SELIC X CDI

Histórico Selic e CDI

Fonte: Banco Central do Brasil | Cetip

PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE CDI E SELIC

Vimos que Selic e CDI caminham na mesma direção, entretanto, não são a mesma coisa. Podemos listar algumas diferenças entre essas taxas:

  • A taxa CDI é determinada pelas instituições financeiras, com base em acompanhamento regular da taxa Selic. Já taxa Selic é determinada pelo governo federal.
  • O CDI refere-se apenas à taxa paga entre os bancos, já a Selic rege toda a economia.
  • O CDI é usado como benchmark (referência) para investimentos, principalmente investimentos de renda fixa e certos fundos de investimento. Isso significa que o CDI é uma meta a ser ultrapassada.
  • A Selic serve como termômetro da economia, essa é uma taxa mais fácil de ser acompanhada do que o CDI. Aumentos ou quedas na Selic refletem as projeções do Banco Central para a economia.

O investidor pode acompanhar a Selic no site do Banco Central e o CDI no site da Cetip.

RESUMIDAMENTE

Você viu que Selic e CDI influenciam diretamente na vida dos brasileiros. A Selic influencia a economia como um todo, causa impacto na taxa cobrada pelos bancos ao realizarem empréstimos para as pessoas, na taxa de juros cobrada pelos cartões de crédito e até mesmo no preço dos produtos e serviços.

O CDI influencia muito no mundo dos investimentos. Como vimos, a taxa CDI caminha lado a lado com a Selic e é tida como a taxa livre de risco do mercado, por isso, pode ser considerada a base de referência que um investidor deve usar para saber se a carteira de investimentos está rentável ou não.

O Brasil está passando por um momento em que a taxa de juros está em sua mínima histórica.

Se você quer saber como isso influencia em sua vida e como você pode aproveitar esse momento para obter um ótimo retorno, está no lugar certo! Deixe seus dados conosco e te daremos assessoria gratuita mostrando-lhe investimentos que combinam com o seu perfil e que são capazes de render mais de 100% do CDI. Não perca mais tempo, essa pode ser uma ótima oportunidade para você!


Luana Dennis

Luana Dennis é analista de conteúdos da WeInvest. Como uma grande entusiasta das transformações que a educação financeira e o investimento inteligente e estratégico podem trazer na vida das pessoas ela visa sempre acompanhar de perto o mercado financeiro para produzir conteúdos de alto padrão.


Posts populares: