Investimentos mensais: estratégia de investimento para longo prazo

investimentos mensais

Sabemos que para muitos que começaram recentemente a investir, ter um bom planejamento financeiro é um grande desafio. O próprio mapeamento dos gastos e ativos envolve muita disciplina. Existem diversas estratégias de investimentos, mas sobressai-se a estratégia dos aportes mensais. Por isso, fizemos para nossos leitores um guia completo sobre como investir mensalmente e saber aproveitar todas as oportunidades de ativos ao longo do ano. 

O que é necessário saber para investir mensalmente?

A principal vantagem de se aportar mensalmente está nas oportunidades de médio prazo e na construção de um patrimônio robusto em previdência privada. 

A previdência privada garante excelentes resultados no longo prazo, por ser um tipo de fundo extremamente flexível, com vantagens tributárias, e que possibilita que você garanta uma renda extra além da contribuição para o INSS. 

Além disso, por vezes, existem oportunidades de médio prazo (em especial swing trade) que podem ser perdidas caso você opte por aportar anualmente.

O aumento da sua reserva de emergência também é importante para que você esteja protegido e tenha liquidez para resgatar seu dinheiro no caso de um infortúnio.

Portanto, reiteramos que o princípio mais importante para os aportes mensais é a diversificação. Dividir os aportes entre renda fixa e renda variável é imprescindível para manter o balanceamento na sua carteira e fazer com que você fique menos exposto a possíveis riscos. 

Quanto é indicado aportar em investimentos mensais?

É necessário fazer uma análise dos seus hábitos e ter noção de quais são seus objetivos com estes investimentos. Seja uma viagem, um doutorado, uma aposentadoria confortável, é preciso haver um momento de reflexão para que, com isso, você adquira a disciplina de aportar todos os meses.

Nós, da WeInvest, estipulamos como ideal o valor de 20% de sua receita mensal. Caso este valor seja muito alto, comece por pequenos aportes e vá aumentando e adaptando seus gastos, para que seja possível chegar numa porcentagem adequada. 

E se eu me esquecer de aportar?

Para evitar que você esqueça ou que acabe gastando uma sobra mensal com eventuais gastos supérfluos, recomendamos que você faça aportes programados. Desta forma, o dinheiro dedicado a investimentos mensais entra automaticamente na sua corretora e você faz o balanceamento de carteira conforme necessário.

Caso não queira, também é recomendável fazer o aporte assim que suas fontes de renda (salário, aluguel, trabalhos freelancer, entre outros) entram no banco. Desta forma, você não esquece de aportar. Outra recomendação é manter-se sempre atualizado, através de um assessor, ou acompanhando as notícias do mercado, para saber das boas oportunidades. 

Quais os melhores investimentos para aportes mensais?

Os fundos de investimento são uma excelente opção de ativos para aportes mensais, pois, como já explicamos, você compra cotas em um fundo gerido por um especialista do mercado, que garante uma determinada rentabilidade.

O que mais agrada nos fundos de investimento é o fato de existirem para todos os perfis de investidor: para os conservadores, temos os fundos DI. Para os moderados, os fundos multimercado podem ser boas opções; e, por fim, os fundos de ações para aqueles que têm um perfil de risco mais agressivo.

Mas dentre os tipos de fundos de investimento, provavelmente os melhores para aportes mensais são os fundos de previdência privada. 

Alguns fundos de previdência privada têm tributação regressiva no longo prazo, os tornando  uma excelente oportunidade. Hoje, existem pouco mais de 200 produtos de previdência privada no mercado financeiro brasileiro, compreendendo diversas estratégias e perfis de investimento. É preciso, portanto, que você estude os ativos de previdência privada e escolha a mais adequada para o seu perfil e seus objetivos. 

Gostou da publicação? Não se esqueça de compartilhar com todos os seus amigos nas suas redes sociais, e fique de olho no nosso Instagram, para ler todos os conteúdos em primeira mão! 


Clara Sodré

Graduanda em Relações Internacionais com especialização em mercados financeiros, copywriting e comércio exterior. Pesquisadora voluntária em cooperação internacional europeia. Monitora no núcleo de Economia Política Internacional. Apaixonada por educação financeira e produção de conteúdo.


Posts populares: