, Devo desistir de um fundo de investimento depois de um ano em que ele foi pouco rentável? | WeInvest ,

Devo desistir de um fundo de investimento depois de um ano em que ele foi pouco rentável?

Fundo de investimentos

Até os melhores gestores estão sujeitos a cometer erros. O mercado financeiro nem sempre pode ser previsto de forma correta. No entanto, não deixe que resultados ruins te desanimem e façam com que você desista de investir em determinados fundos. Aprenda a enxergar oportunidades e dessa forma, potencializar seus ganhos.

CONHEÇA UM POUCO SOBRE A GARDE E SEU CEO MARCELO GIUFRIDA

Se você gosta de mercado financeiro e acompanha as notícias desse meio, provavelmente já ouviu falar sobre Marcelo Giufrida.

Marcelo Giufrida

Marcelo Giufrida, atual CEO da Garde Asset

  • Engenheiro de Produção formado pela Escola Politécnica da USP (EPUSP), com extensão em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas.
  • Iniciou sua carreira na Schahin Cury corretora em 1984.
  • De 1997 a 2000 atuou no Banco CCF Brasil.
  • De 2000 a 2013 trabalhou no BNP Paribas. Foi o presidente da empresa de asset management do grupo no Brasil.
  • De 1996 a 2009 foi diretor, vice-presidente, presidente do Conselho de Auto Regulação de Fundos e presidente da Anbid. Foi também o responsável pela fusão com a Andima, resultando na Anbima.
  • Atualmente Giufrida é CEO da Garde Asset Management.

A Garde é uma asset independente de gestão de recursos baseada nos conceitos de multi-estratégia e multi-gestor, com sócios especializados em cada segmento de mercado. Assim como Giufrida, todos os que trabalham na Garde são altamente qualificados e possuem experiência e conhecimento necessários para criar e gerir ótimos fundos.

O principal fundo da gestora é o D’Artagnan FIC FIM que está no mercado desde 2013. É um fundo bem tradicional e que costuma apresentar resultados consistentes, como é possível visualizar no gráfico abaixo. Possui estratégias principalmente em moedas, seguido de ações, renda fixa Brasil e opções.

Performance anual da Garde comparada ao CDI e IHFA (Índice Hedge Funds Anbima)

Performance anual da Garde comparada ao CDI e IHFA (Índice Hedge Funds Anbima)

POR QUE UM FUNDO TÃO RENOMADO APRESENTOU RESULTADOS TÃO ABAIXO DO ESPERADO?

Mesmo com tanto reconhecimento e com gestores tão renomados no mercado, em 2018 o fundo não performou-se muito bem. Durante os meses de abril e maio os gestores estavam posicionados em uma redução dos juros pelo Copom, fato que não ocorreu e que fez com que o rendimento do fundo fosse negativo. Para essa classe de fundo de investimentos (multimercado macro) apresentar retornos assim em alguns meses é normal, entretanto o D’Artagnan demorou muito para começar a se recuperar e isso impactou o fundo como um todo. Essa restauração um tanto quanto lenta se deu porque a gestora decidiu diminuir o risco de maneira conveniente para conseguir preservar o capital e não expor seus investidores a outros meses com retornos negativos.

Fundos de investimento

Logo, mesmo com rendimentos um pouco melhores nos meses subsequentes, esses dois meses, além de assustar e decepcionar muitos investidores fez com que os resultados finais do fundo fossem abaixo da meta estipulada (meta de CDI + 7%a.a). Tais resultados fizeram com que alguns investidores ficassem com medo e retirassem suas aplicações do fundo. Isso pode ter ocorrido devido a uma falta de conhecimento do próprio investidor em seu perfil de risco, o que reforça a importância de ter o auxílio de um assessor para conseguir escolher as estratégias de investimento que mais combinam com cada pessoa.

Depois de apresentar resultados aquém do esperado a Garde resolveu contratar dois novos funcionários para reforçar a equipe e deixa-la ainda mais robusta. Algumas mudanças foram feitas e hoje eles consideram que o fundo está mais equilibrado. Grandes gestores também cometem erros, mas o número de acertos costuma ser muito superior ao de erros, logo, se já cometeram erros no ano passado espera-se que esse seja um grande ano para a Garde e para o D’Artagnan.

D’ARTAGNAN ESTÁ FECHADO, MAS VEM COISA BOA POR AÍ

Atualmente o fundo D’Artagnan está fechado, portanto, se você já possui participação nesse fundo não se assuste com os resultados do ano passado, há uma perspectiva muito boa de melhora para esse ano. Contudo, se você não possui participação no D’Artagnan não se preocupe, há possibilidades de que o fundo abra ainda para captação de novos recursos em 2019 e essa pode ser uma grande oportunidade para você.

Além disso, a Garde irá lançar um fundo long biased em breve. Para que você não perca essa e nenhuma outra oportunidade deixe seus dados conosco. Te deixaremos por dentro das maiores notícias e dos principais produtos do mercado financeiro.

 

Aproveite para ver outros textos do nosso site

  Melhores investimentos para 2020

  Como apurar o imposto de renda dos fundos imobiliários

  Fundos imobiliários ou imóveis, qual é melhor?

  Rating de classificação do bancos brasileiros

  Como comparar um CDB com LCI E LCA?

 

Sumário
DEVO DESISTIR DE UM FUNDO DE INVESTIMENTO DEPOIS DE UM ANO EM QUE ELE FOI POUCO RENTÁVEL?
Nome do artigo
DEVO DESISTIR DE UM FUNDO DE INVESTIMENTO DEPOIS DE UM ANO EM QUE ELE FOI POUCO RENTÁVEL?
Descrição
Conheça a Garde, uma gestora renomada no mercado financeiro. Veja um pouco sobre seu principal fundo, o D'Artagnan e entenda seus resultados.
Autor
Nome do publicador
DEVO DESISTIR DE UM FUNDO DE INVESTIMENTO DEPOIS DE UM ANO EM QUE ELE FOI POUCO RENTÁVEL?
Logo do publicador


Luana Dennis

Luana Dennis é analista de conteúdos da WeInvest. Como uma grande entusiasta das transformações que a educação financeira e o investimento inteligente e estratégico podem trazer na vida das pessoas ela visa sempre acompanhar de perto o mercado financeiro para produzir conteúdos de alto padrão.


E ai, o que achou? Deixe o seu comentário!

Posts populares: